sábado, 8 de janeiro de 2011

Poesia de cego

"O teu amor é uma mentira
Que a minha vaidade quer
E o meu, poesia de cego
Você não pode ver"

Nenhum comentário: