segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Agentes cubanos em Miami, por Morais

No Correio Braziliense, entrevista com Fernando Morais sobre seu novo livro. Mais uma obra que entra para a lista dos que devem ser lidos - o que o torna interessante é o modo de sua escritura (o périplo do Fernando, garimpando informações etc).

Trecho da entrevista: "É uma coisa curiosa. No documento escrito pelo Fidel para Bill Clinton há um ponto em que ele fala de um negócio profético: se os Estados Unidos permitirem a desenvoltura de grupos terroristas em território americano, isso pode se virar contra o próprio país. É um risco que o governo americano está correndo. E me chama atenção o seguinte: todos os executores dos atentados de 11 de setembro aprenderam a pilotar aviões na Flórida. E lá não tem comunidade árabe, só hispânica. Outra coisa: no julgamento dos cubanos os advogados de defesa diziam, já depois do 11 de setembro, que o que os réus faziam nos Estados Unidos é o mesmo que a CIA está fazendo no Afeganistão. Ou seja: procurar prevenir atentados contra os Estados Unidos." Leia mais aqui.

Nenhum comentário: